26 janeiro, 2009

HR 24x24 - Testes e testes

Estou fazendo este post apenas para dar um breve relato dos testes que fiz com minha bike na última semana. Andei um pouquinho nela na sexta e sábado para sentir como está ficando o resultado da sua montagem, ainda incompleta. A ansiedade era tanta que nem montei os trocadores de marcha (Motivo: para o câmbio traseiro precisarei de um cabo com +/- 230cm e ainda não sei como resolverei isso).
A maior surpresa foi o guidon, o qual pensava que atrapalharia muito na pedalada. Surpreendentemente, precisei de uns poucos minutos para experimentá-lo e já podia fazer curvas fechadas com certa facilidade. O mesmo se repetiu quando meu sobrinho, mais alto que eu, pedalou a bike.
A bicicleta está relativamente leve. Considerando que o guidon, canote e apoios do banco podem facilmente serem confeccionados em alumínio, imagino que seria possível replicá-la numa versão beeem mais leve sem muita dificuldade.
Em princípio, parece que ficou tudo ótimo e até dá vontade de sair construindo outras, agora que tenho o know-how para aperfeiçoar o modelo. Maaaaasss, quem me conhece sabe que acho defeitos o tempo todo nos meus projetos.
Um desses defeitos, e o mais "triste" é que o quadro parece estar se desalinhado. Ainda não sei a causa, mas ainda tenho esperança que seja algo relacionado ao garfo (garfos para aro 24" no Brasil são de péssima qualidade). Para terem uma idéia, tive que ajustar a gancheira do garfo na lima, pois o mesmo foi fabricado com umas rebarbas enormes que desalinhavam a roda dianteira. A conseqüência disso é um aspecto visual feio numa observação mais atenta e desconforto ao pedalar, pois a bike puxa para a esquerda. O ângulo do garfo também está acima do que deveria, pois inicialmente ele havia sido preparado para utilização de aros 26" (lembram???).
Não vou me estender. Conforme for evoluindo na montagem e testes, vou dando notícias.
Abração a todos e até o próximo post!!!

7 comentários:

  1. côsa linda! merece um GROM especial

    ResponderExcluir
  2. Bom acho que chegou o momento definitivo para meu irmão usar a sua reclinada. Gosto de reclinadas, mas não curto a ideia de construi-las se tivesse grana ja teria uma e daria umas pedaladas, talvez deixaria atirada num canto, ou talvez usasse diariamente. Bem o que fiquei satisfeito é com o visual, o desenho o visual dos objetos sempre me atraem, e esta reclinada ficou bastante harmoniosa, esta limpa. Agora é só mandar ver se reunir com os outros reclineiros de porto alegre e viajar. Parabéns

    ResponderExcluir
  3. Franz,

    Eu comprei cabos com o Justo da Zhorer.

    Estou a horas querendo os cabos pretos para câmbio que tinham na Bike Sul, mas eles não tem mais faz meses.

    Acho que ainda tenho um cabo de freio e marchas sobrando, vou conferir, ai te passo.
    Vamos dar uma pedalada na segundo no final da tarde? Andei combinando com o Artur, mas tu tem que ir com essa reclinada :^))

    ResponderExcluir
  4. Oi Olavo,

    Legal essa história do cabo.
    De qualquer formar farei uns apoios para os cabos, similares aos que se usam muito hoje em dia em qualquer bike.
    Depois experimentarei um sisteminha de emenda de cabos.
    Se a idéia der certo, no futuro será possível o uso de cabos convencionais na bike.
    Eu vou no GROM. Será um pouco arricado pois estou ainda sem câmara de ar extra e ainda tem uns outros detalhezinhos tipo bomba, caramanhola, banco ainda um pouco desalinhado, etc..
    Além disso estou usando a bike como uma single, o que pode atrapalhar nas subidas.
    Mas não custa arriscar. Será, ENFIM, meu primeiro GROM reclinado com minha invenção. :-)))

    Abração,

    FRANZ

    ResponderExcluir
  5. Muito bom o teu blog. Visitei o site Bicycle Design e gostei muito da Skua, uma solução muito elegante para o problema da corrente comprida, pois traciona na roda dianteira e dirige na traseira e de quebra ainda tem uma carenagem que parece ser bem legal.
    Depois vou te mandar uns cool links
    Fica um abração e feliz Pascoa
    Alemão Beto

    ResponderExcluir
  6. Oi Beto,

    O Skua é legal mesmo.
    Mas tem muitos outros conceitos espalhados pela web.
    Te aconselho a olhar detalhamente o projeto holandês Drymer (tem um post sobre ele aqui no blog.
    Talvez ele seja o conceito mais próximo do tema que discutimos ontém.

    Feliz páscoa atrasado!!! ;-)

    Abração,

    FRANZ

    ResponderExcluir
  7. Este blog é uma representação exata de competências. Eu gosto da sua recomendação. Um grande conceito que reflete os pensamentos do escritor. Consultoria RH

    ResponderExcluir